Vem aí um novo Fusca?

A Volkswagen divulgou nesta quinta-feira um teaser do ID.3, o primeiro carro elétrico nativo da marca. O lançamento real oficial vai acontecer no salão de Frankfurt, em setembro deste ano. As primeiras unidades devem chegar nas ruas ano que vem. A pré-venda já está aberta a empresa informa que recebeu 10.000 pedidos de reserva em apenas 24 horas. Parece bom, mas para efeitos de comparação, o Tesla Model 3, concorrente a ser batido pelo ID.3, teve 276.000 mil pedidos de reserva em 48 horas. Portanto, os alemães vão ter de remar muito para superar a norte-americana com a sua nova linha de produtos.

Como se vê nas fotos, o ID.3 se parece com um Golf, tem o tamanho de um Golf e, bem, é um Golf. Só que elétrico. Já existe o Golf elétrico há anos, porém, todo enjambrado. O pulo do gato do ID.3 é que ele foi feito inteiramente do zero e traz consigo a plataforma MEB, base para uma série de outros modelos que estão por vir. Preço do modelo basicão: 30 mil euros. É bem mais barato que o Nissan Leaf (39 mil euros) e o Tesla Model 3 (a partir de 35 mil euros), mas é mais caro que o popular Renault Zoe (21 mil euros).



Não é nenhum segredo que a Volkswagen tem planos amplos e ambiciosos para a eletrificação. A montadora espera ter toda sua linha de produtos com pelo menos um motor elétrico até o ano de 2023. Após o escândalo do Dieselgate, a VW vem tentando se redimir, na medida em que quer ser a mais sustentável das montadoras europeias. Ela está colocando todas as fichas nisso.


O nome de batismo significa que a marca já o considera o terceiro maior lançamento de sua história, depois do Golf e do lendário Fusca, dois carros de tremendo sucesso da Volks. É uma responsabilidade e tanto para o novato ID.3.

 

Subscribe Form

  • Facebook
  • Instagram